21 de dezembro de 2008

Postagens: o retorno



 E ae meu blog, só de bobs mesmo? [/rasha] Aprendi isso agora num para de falar ¬¬. Eu sei, eu sei, faz muito tempo que não apareço por aqui, mas aconteceu bastante coisa que me fizeram esquecer este meu espaço na internet. Peço desculpas.



Estou careca meu blog, simplesmente horrível, mas vamos por partes. Separação é mesmo uma coisa muito difícil e eu aprendi isso a duras penas: minha parceira Janine foi embora pra Florianópolis e levou consigo um pedaço de mim. Minha companheira de MSN e músicas legais se foi pra bem longe deixando um vazio, lembranças fodásticas do nosso truco, das nossas músicas, das nossas roubadas, ah tanta coisa. É melhor parar senão vou dar uma patética demonstração de um EMO chorão.



Se me despedir de Janine já foi duro imagina me despedir do resto da galera? A escola acabou: isso é um fato, está difícil de cair a ficha, mas é verdade. Nossas brincadeiras, colas, festas, abraços sinceros e toda a nossa irmandade têm prazo de validade, que já venceu. A amizade não! Os laços que, fortemente, foram construídos durante o tempo que passamos juntos jamais se desfarão. Há pessoas que não passam por nossas vidas, instalam-se definitivamente. É dessas pessoas que eu sempre vou me lembrar, que espero manter contato e que terão lugar certo no meu coração.



Passado o baque da separação vem o de outra coisa: o resultado do vestibular. Estava eu numa manhã pacata em minha casa frente ao meu PC quando o telefone toca:
- Minha mãe: Ricelly, o resultado do vestibular saiu, vê aí o teu.
-
Ricelly: Não mãe, não saiu não, ta muito cedo, mas vou ver.Site indisponível. Faço uma gambiarra e entro nas notícias da universidade: nada ¬¬


Entro no MSN e no Orkut [vagabundagem matutina] e as pessoas perguntando sobre o resultado do vestibular e no Orkut as pessoas alvoroçadas na comunidade da UFT: saiu, saiu, é verdade!-Meu coração dispara. Encontro o resultado e meus batimentos cardíacos oscilam entre 90 e 120 enquanto o documento abre. Clico em procurar e digito meu insólito nome, quando em sétimo lugar aparece o dito cujo.




Indescritível foi a sensação do momento, um nervosismo mesclado à alegria que nunca havia sentido, parecido sim, igual não. Faça um vestibular e passe pra ver o quanto é bom. :~)


ps:: Aah é por causa do trote que estou careca =P

Nenhum comentário:

Postar um comentário

E você, o que me diz?

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails