29 de janeiro de 2010

Sobre a sinceridade

Existe algo mais complicado do que desfazer um mal entendido? Sobretudo se esse engano acontecer nas relações pessoais? Eeer, acho que não '-' Que bom seria se as pessoas, de modo geral, fossem transparentes nas suas intenções, não é verdade? Muitas mágoas, ressentimentos e todo esse mimimi seriam evitados. É por essa e outras razões que essa é minha nova maneira de encarar as situações: dizer como me sinto de verdade, o que penso logo no início. Fica tudo mais fácil, por mais que alguém possa ficar chateado nessa longa estrada da vida (-q) isso passa e então todo mundo fica feliz e contente. Ou talvez.
É quase um Nada além da verdade, só que sem o Ratinho risos.

14 comentários:

  1. Esse é smepre o melhor caminho... O problema que o melhor caminho a se seguir, sabe, o mais acertado é o mais difícil. Mas nada, na minha opinião, que faça deixar de valer a pena segui-lo.

    ResponderExcluir
  2. Concordo com essa teoria, antes ser sincero e machucar da maneira certa do que deixar pra depois ja que uma hora ou outra a verdade se revela e bem pior, acompanhada pela chamada 'traição' aquela versão tensa da indiferença..
    bjs

    ResponderExcluir
  3. Nunca me ajudou muito a sinceridade.
    Sempre disseram que eu tenho um jeito autêntico e verdadeiro, e que as pessoas não sabem lidar com isso! E isso é verdade.
    Sempre me dei muito mau sendo sincera e dizendo o que penso.
    Paciência né!

    Beijão querido!

    ResponderExcluir
  4. Bom, ser direta sempre foi uma característica minha. Mas nesses dias me deparei com uma situação que preferi fazer rodeios e vi o quanto é pior. Mas também é muito ruim machucar alguém que não merece ser machucado...
    Adorei o post, foi bem parecido com um momento meu.
    ;*

    ResponderExcluir
  5. HAHAHAHA, euri com o 'sem o Ratinho'. Pois é, sinceridade é mt bom, mas algumas pessoas acabam confundindo com grosseria, né? ¬¬

    ResponderExcluir
  6. Numa noite quente e cheia de tesão estava necessitada de um duro e quente "rolinho de carne" bem dentro da caverna húmida do amor, entrou num barzeco e, foda-se!!, que moço lindo, uma autêntica obra de arte, perfeito e, saltava ás vistas, lindo, lindo, lindo! Um Adônis único com todas as letrinhas do desejo e tentação. Aproximei daquela montanha de beleza e tentei a sorte: -Você quer..., -ainda nem tinha bem articulado a palavra seguinte e já aquele corpão de bronze suado me arrastava para fora do bar. Meio desmaiada de emoção, recobrei meus sentidos num quarto excelente de hotel. Vá livrando da roupa, disse o pedação, e eu livrei, ficando nuinha e brilhando num calor intenso entre minhas coxas que já se escancaravam para receber o “rolão duro de carne”. Quando o gatão começou a despir-se...
    O restinho???, nã, nã... só lá no se7e/5.

    ResponderExcluir
  7. Acho que as pessoas tem um pouco de medo, de serem super autenticas e acabarem magoando o outro. É dificil e tenso,rs. q

    Abraços (:

    ResponderExcluir
  8. tuudo muito lindo aqui *-*
    vai lá no meu? me segue que eu te sigo!
    beijinhos :*

    ResponderExcluir
  9. Tirando o Ratinho... MAN ta tudo certo.
    Essa coisa de falar direto o que pensa e senti já me complicou um bocado, mas hoje eu continuo do mesmo jeito.. a diferença é que escolho um momento melhor pra falar e não de cabeça quente.
    rsrsrsrsrs
    não que eu não goste de uma polemica rsrs, mas neah? Vamos tentar a PAZ

    ResponderExcluir
  10. Tbm prefiro a verdade de cara! melhor que saber por ultimo

    ResponderExcluir
  11. Só de ser sem o Ratinho já tah bom demais! =p

    ResponderExcluir

E você, o que me diz?

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails