27 de março de 2011

Dois comprimidos de coragem

O primeiro, e mais importante, é pra desistir
Pra encarar o fato de que não fez a minha cabeça e que preciso tentar outra coisa. Sabe quando você aposta boa parte das suas fichas numa mão de pocker, achando que vai sair aquela carta que vai completar o seu flush e a dita cuja não vem? Pois é, é exatamente isso. O que eu preciso agora é encontrar uma coisa nova e que me dê ânimo de fazer. Desistir nunca foi do meu feitio, mas agora é uma opção que não pára de martelar na minha cabeça. Espero ainda que esse comprimido me ensine a lidar com aquela mania do "eu te disse" que as pessoas que me cercam insistem em manter e que me mata por dentro. Eu vou ficar mais confuso ainda se esse comprimido me der mais coragem que o necessário e eu queira continuar.

O segundo é pra chegar ~chegando~. Sabe como é, né?!

6 comentários:

  1. Garçom, dois comprimidos pra mim também, por favor?

    kkkkk

    É, meu querido, coragem é o que falta a muitos que, com certeza, saberiam usá-la melhor do que aqueles que a jogam pelo ralo quando fazem coisas impensadas e que, geralmente, dão errado pra alguém. Espero que esta "coisa nova" apareça o mais rápido possível pra você =*

    ResponderExcluir
  2. opah, o segundo comprimido pra mim, please, ou melhor, uma caixa dele por gentileza.... xD

    ResponderExcluir
  3. tipo matrix?
    não thaís, não. rs - desculpa

    ResponderExcluir
  4. Meu filho, em primeiro lugar, tu ta desistindo de uma coisa pra começar outra, essa desistencia é completamente aceitável, visto que o que tu ta fazendo agora não te da prazer.
    Então, deixa como prioridade a tua felicidade.

    Segundo, sim, cunhado.

    ResponderExcluir

E você, o que me diz?

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails